4.1.10

Varal

Varal
"Arame tenso sob o sol
Quem vê amor ali?
Quarando, secando, esticado sob o sol
Pronto prá molhar de amor
Arame espesso risca o céu
Quem vê a dor ali?
Rasgando, rompendo, atravessando o véu
Pra descansar da dor
Rebenta a bolsa, revela ao mundo a cabeça
Quem tiver que mereça a coroa"

4 comentários:

Segundas Intenções disse...

ei dei valor, é uma poeta mesmo, bem bolado.

Schena - disse...

bem legal *-*

Yuri Padilha disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Babi Leão disse...

eu cuuurtiii !!