30.10.10

Par de sapatos

Sapatos são feitos aos pares. E aquele par que calçava em meus pés acusavam-me da perca de tempo que era se deixar estar sentada naquele degrau, enquanto o mundo sorria lá fora, e a primavera impunha a suas delicadezas no desabrochar de uma pequena flor. E foram esses mesmos sapatos que um dia me disseram que alguns passos adiante levariam-me ao além-mar, onde o mar e o céu se dão um abraço infinito. Mas um abraço não pode ser visto, e os sonhos não são tão fáceis de se dissipar quanto as nunvens. Esse par, que um dia evitou que meus pés, cansados, pisassem em problemas enquando eu não conseguia entender que um coração pode receber em troca do amor, a ingratidão de um outro que não se importa com o tanto de remendos que você precisará fazer depois da chuva forte e impetuosa. Esse par agora me olha. Esse par de sapatos - tão velhos - e tão belos quanto os silêncios de um girassól.

6 comentários:

Shaira Gabriela. disse...

Rute, Deus abençoe sua vida e que voce seja muito usada por Deus. Muito maneiro esse post dos sapatos e todos os outros, você escreve muito bem :) Um dia quando eu criar minha revista gospel vou te chamar pra escrever nela! rsrsrs. Adoooro o seu blog, sempre venho aqui e neem comento né ¬¬ Vou passar a comentar! rs :D Beeeijos!

Pitta disse...

Textos sempre cheios de poesia :)

Tabuleiro Chic disse...

Adorei o blog!! Estou te seguindo! Se puder.. passa no TC!!
bjos,

Flavia

www.tabuleirochic.com

Rodolpho Padovani disse...

Cada passo em frente é um risco, os sapatos podem até ver a estrada logo a frente, mas para realmente descobri-la tem que pisar em suas pedras.

Bjs =)

Thainá Rosa disse...

Menina,de onde você tira essas palavras? Um encanto,viu?
Gostei muito.. Cê parece até a Rita Apoena!
Beijooo

Gaby Soncini disse...

Quando entro aqui e te leio, é tanto encanto.

Seu dom é maravilhoso!

Grande Beijo.