18.5.10

do Sol

Se é tua primeira noite, aquieta-te e não te preocupes, amor!
O sol nunca deixa a gente na mão.
Se ele desaparece e precisa dar calor ao outro lado desse mundo,
Manda que a lua venha e espalhe pelo menos luz
E traga pelo menos paz.

3 comentários:

GABRIEL, gustavo disse...

A Paz sem calor se assemelha a morte.

Cristo, cara escritora, quem quer a morte?!

Rute Vieira disse...

Quem já viveu demais.
Ou, quem ainda nem viveu.
Não sei.

Pedro Antônio disse...

Nossa! Que lindo! :)

Pedro Antônio