1.8.10

O Espetáculo, parte I

Não há nada mais gratificante do que ser o motivo da alegria das pessoas. - Alegava sempre o Palhaço Assobio. Como gostava de ser atrapalhado e estabanado! Como gostava de levar um belo tapa técnico na cara, cair, levantar desorientado, e ouvir aquele coral de gargalhadas! Nem a mais bela das mais belas sinfonias soava tão bem aos seus ouvidos quanto uma risada extrapolada! Ele realmente gostava de fazer feliz as outras pessoas. Mas só soube de verdade o que era ser feliz quando conheceu a sua bailarina. A Bailarina não fazia parte do seu acervo de perucas ou de paletós coloridos. Ela era o que nunca lhe pertenceria, mas que definitivamente, seria sempre sua.
Logo após a sua apresentação, o Palhaço Assobio escondia-se atrás das cortinas para esperar a apresentação da Bailarina. Ah, como ela era graciosa! Como era delicada, doce, tão bem detalhada, minunciosamente encaixada, chegava até a ser perfeita... E o sorriso, ah, o sorriso! Era ele o motivo principal daquela paixão secreta do Palhaço pela doce Bailarina. Era um sorriso tímido, de uma boquinha muída e vermelha, com uns dentinhos muito brilhantes.
- Ainda que todas as luzes do mundo se apagassem, e no céu não houvesse um só raio de sol, o sorriso da minha bailarina iluminaria desde o nosso circo até o Japão! (...)

6 comentários:

Douglas Thaynã disse...

Muito bom, Rute! Muito bom, mesmo! Parabéns! :)
p.s.: também achei muito bom o layout!

Rodolpho Padovani disse...

Que lindinho esse texto... gostei muito e já tô na torcida pelo palhaço...
espero a parte 2 *.*

Bjs =)

Pelo amor ou pela dor .. ! * disse...

aaaaaaaaaaaaaah , que texto lindo. Nada melhor, do que fazer algm sorrir.
Estou te seguindo, obrigado pelos comentários fofo no pelo amor ou pela dor..

Beijinhos.
te acompanharei sempre!

GABRIEL, gustavo disse...

E são esses sorrisos brilhante, cara escritora, que nos matam.

Nós, pobres palhaços.

Cris Souza disse...

Palhaços são ótimos, embora hoje em dia estejam desprezados.

Babi Leão disse...

Que doçuuuuuura de texto !
Nunca gostei de palhaços mas peguei uma simpatia muito grande por eles quando li isso !
Lindo, lindo e digo mais: LINDO !